Projetos Cidades Invisíveis no Passeio Primavera

O Projeto Cidades Invisíveis é um negócio social que comercializa produtos via internet e também em lojas físicas, cujas vendas levantam fundos para levar oportunidade e esperança para pessoas que só conhecem a desigualdade. Cada peça vendida é um passo a mais em direção a concretização de um sonho, de um outro mundo possível.

Pois o Cidades Invisíveis acaba de ganhar um espaço físico para venda de seus produtos no Passeio Primavera, em Florianópolis.

Inaugurada em fevereiro de 2019, a nova loja terá todos os produtos da marca com 100% do lucro revertido para as comunidades carentes da Grande Florianópolis. O local também terá a disposição produtos de outras empresas que tem propósito social. 

A procura de respostas e soluções, novas dinâmicas de intervenção são implantadas e novos atores sociais surgem para tentar humanizar espaços que, infelizmente, são invisíveis aos olhos do poder público e privado. Nessa mesma intenção, surgiu em Florianópolis, Santa Catarina, o projeto social fotográfico Cidades Invisíveis, de Samuel Schmidt, que tem como objetivo registrar em imagens as milhares de pessoas que vivem privadas da liberdade básica de sobreviver: privação de alimentos, saneamento básico ou água potável, educação eficaz, emprego rentável, liberdades políticas e direitos cívicos.

O projeto pretende mostrar uma realidade que costuma ser maquiada pelo governo e pela outra parte da sociedade que está longe de vivenciar tais problemas. Além disso, o projeto é também um elogio à arte. Vários artistas voluntários transformaram as imagens em verdadeiras obras de arte. Imagens e desenhos que falam por si e que ganham vida ao serem estampadas em camisetas. E todo o lucro é revertido em doações para essas comunidades

 

Foto: André Vanzin

Schmidt, fotógrafo e idealizador do Projeto Cidades Invisíveis

“Surgiu a partir da vontade. Vontade de fazer o bem, de praticar ações que contribuam para uma sociedade mais solidária, justa e crítica quanto às condições de vida destas pessoas à margem e sem dignidade. Surgiu como uma tentativa de mostrar, a partir das fotografias, esta realidade, para que possamos publicamente questionar melhor sobre nossa função como indivíduos que compõem a sociedade e sobre a ineficácia dos direitos fundamentais que devem ser garantidos pelo Estado”, conta o idealizador do projeto.

 

Entendendo o projeto

  • Estimular a arte como um meio de transformar a realidade dessas pessoas.
  • Forçar o nosso olhar para os problemas sociais que estão à nossa margem para que, a partir da reflexão coletiva, soluções sejam apontadas para diminuírem a escassez de oportunidades e recursos das famílias carentes.
  • Produzir camisetas e outros produtos como canecas, chaveiros, almofadas e outros artigos de decoração para que sejam vendidos em prol do projeto.
  • Reverter o valor da comercialização destes produtos em recursos para estas famílias.
  • Desenvolver exposições com as foografias do projeto e com as artes dos envolvidos para que aumente a visibilidade das ações.
  • Desenvolver eventos e festas sociais para arrecadar roupas, comidas e outros produtos.

Saiba mais em:

https://www.projetocidadesinvisiveis.com.br/

https://www.facebook.com/projetocidadesinvisiveis/

 

© Primavera Garden Center | Um Garden Center cercado de charme
EnglishFrenchGermanItalianSpanish
WhatsApp chat